Posts from the ‘Educação’ Category

CONSELHOS PARA A DIREÇÃO DO ESPÍRITO

“Ciência é consciência esclarecida, consciência que quer e sabe, que, querendo a justiça, conhece o ponto de aplicação a que se deve dirigir a força para fazer brilhar a justiça triunfante, e atin­gir a finalidade, a salvação dos homens, dos povos e do gênero humano.
⠀⠀
O esforço para conduzir o mundo à sua finalidade, eis nosso dever. A luz que esclarece esse esforço, eis a ciência do dever.
⠀⠀
Aqui, meus jovens, está o ponto central: conhecer o próprio dever! Saber o que, neste século mesmo, vocês devem à sua pátria e a todo o gênero humano; não apenas ter no coração a entrega, talvez o heroísmo; mas saber como a boa vontade deve ser aplicada ao dever, saber julgar as ilusões de finalidade, os efeitos dos qui­lômetros, das distâncias; conhecer os falsos movimentos das boas vontades ignorantes, os falsos impulsos dos heroísmos subversi­vos que matam para libertar, que destroem para salvar. 
⠀⠀
É preciso que, quando damos nossa alma, nossa vida, nosso entusiasmo, saibamos ao menos levar à sua finalidade essas formas magníficas com a precisão mesma da ciência que leva o manejo do fogo à sua finalidade, que dirige através de rotas determinadas a intangível luminosidade.
Querer e saber são poder; não somente querer”.

O padre Sertillanges, ao escrever “A vida Intelectual”, disse que não tinha a pretensão de substituir os conselhos do padre Gratry: “não esqueci, como sem dúvida muitos outros não esqueceram, o entusiasmo dos seus vinte anos, quando o padre Gratry estimulava nele o fervor do saber. Numa época que tanto necessita de luz, devemos recordar com freqüência as condições que permitem adquirir a luz e preparar sua difusão através de obras”. Estes conselhos não se dirigem a todo mundo: um número muito pequeno de espíritos, no atual estado do mundo, são ou desejam ser capazes de segui-los. Dirigem-se àquele homem de vinte anos, espírito raro e privilegiado, coração ainda mais privilegiado, que, no momento em que seus colegas de estudo chegaram ao final de sua trajetória, compreende que sua educação está apenas começando; que, na idade em que o amor pelo prazer e pela liberdade, pelo mundo, por suas honras e riquezas arrasta e precipita a multidão, detém-se, ergue os olhos e busca, no imenso horizonte da vida, no céu e na terra, o objeto de um outro amor.

ENCONTRE AQUI: AmazonBR

PARLAMENTO DE BUDAPESTE

“Um dos sinais de que havia terminado a cristandade em sentido estrito, porque os reis absolutistas e a sociedade já não se punham sob o guiamento espiritual da Igreja, é o crescimento das dimensões de palácios e outros prédios públicos de modo que rivalizassem em imponência com as catedrais. Isso, obviamente, não depõe contra a beleza desses prédios. É o caso do Parlamento de Budapeste, Hungria, erguido no já tardio século XIX. Mas vejam-se suas semelhanças com as catedrais.” Prof. Carlos Nougué

Algumas obras do Professor Carlos Nougué:

O livro Da Arte do Belo é um livro de ciência poética que retoma, aprofundando-a grandemente, a doutrina de Aristóteles e de Tomás de Aquino, sem deixar de levar em conta, porém, a de Platão, a de Agostinho, a de Boécio, e ainda a de filósofos modernos, como a neokantiana Susanne Langer. Nele, mostra-se o que são as Artes do Belo, suas propriedades, seus fins; o que é o belo e se é objetivo; por que e em que se distinguem as diversas formas ou espécies destas artes; e ainda que é possível aprender a apreciá-las quando efetivamente o são, e a evitá-las quando por qualquer motivo não o são.
A Suma Gramatical da Língua Portuguesa é uma gramática com dois importantes diferenciais: tem amparo em escritores não literários e fundamento filosófico, dirigindo-se tanto ao interessado em conhecer melhor sua própria língua, quanto ao estudioso que pode beneficiar-se de uma abordagem teórica pouco comum.

HISTÓRIA DA LÍNGUA PORTUGUESA

Sugestão de livros:
SUMA GRAMATICAL – Carlos Nougué
TRIVIUM – Míriam Joseph
QUADRIVIUM – John Mortineau
A VIDA INTELECTUAL – A. D. Sertillanges
MANUAL DE PONTUAÇÃO. TEORIA E PRÁTICA – J. H. Dacanal
COMO LER LIVROS – Mortmer Adler

FLOR DO LÁCIO

Sugestão de livros:
SUMA GRAMATICAL – Carlos Nougué
TRIVIUM – Míriam Joseph
QUADRIVIUM – John Mortineau
A VIDA INTELECTUAL – A. D. Sertillanges
MANUAL DE PONTUAÇÃO. TEORIA E PRÁTICA – J. H. Dacanal
COMO LER LIVROS – Mortmer Adler

A FORMAÇÃO DA PERSONALIDADE

do Pe. Leonel Franca, é o novo lançamento das Edições Kírion.
⠀⠀⠀⠀⠀
Estas palestras do Padre Leonel Franca, proferidas entre 1927 e 1941, não poderiam ser mais atuais. Ao narrar a progressiva tomada da educação pelo Estado, ele afirma a natureza complementar da escola em relação à família, uma vez que pertence aos pais a obrigação e o direito irrevogável de educar os filhos. Assim, devem eles poder optar pela escola que melhor corresponda às exigências de sua consciência moral ou religiosa.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Segundo ele, a neutralidade escolar em matéria de religião é praticamente impossível, uma vez que toda pedagogia é inseparável de uma visão integral da vida, e a “escola laica” não passa de um título enganador para encobrir uma escola irreligiosa e atéia. Se Deus existe, Ele deve ser o fundamento e o fim da formação humana, e se o ensino religioso for banido das classes, o Estado estará violando a liberdade de consciência das famílias religiosas ao lhes impor outra concepção espiritual da existência.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Nesse contexto, o padre jesuíta — que é talvez o intelectual mais brilhante de sua geração — apresenta os princípios da educação cristã como alternativa aos exageros opostos do socialismo e do liberalismo individualista, ponderando os elementos tradicionais e as contribuições da nova pedagogia.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Além de ser um retrato da época e uma verdadeira profecia do Brasil que haveria de vir, a reflexão do Padre Franca propicia o exame e a reconsideração desse último período da breve história da educação brasileira, iluminando, desde os fundamentos, todas as questões educativas atualmente em pauta.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Ficha Técnica:

Páginas: 468

Editora: Edições KírionDimensões: 16 x 23 cm

ONDE COMPRAR:

LIÇÕES DE METAFÍSICA

de Ortega y Gasset, é o novo lançamento da Vide Editorial.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Os cursos universitários que José Ortega y Gasset deu em Madri são um elemento decisivo para a compreensão de seu pensamento filosófico. Neste, um dos últimos que ele pôde ministrar, a exposição de sua filosofia se realiza desde um nível de maturidade de seu sistema filosófico. Nele se encontra uma exposição original que está entre as mais valiosas contribuições contemporâneas à história da filosofia e ao estudo do “tema de nosso tempo”, isto é, a metafísica.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
“Aquele que se desorienta no campo busca um mapa ou uma bússola, ou pergunta a um transeunte, e isso lhe basta para se orientar. Mas nossa definição pressupõe uma desorientação total, radical; ou seja, não que aconteça ao homem de se desorientar, de se perder em sua vida, mas sim que a situação do homem, a vida, é desorientação, é estar perdido — e por isso existe a metafísica”.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Ficha Técnica:

Páginas: 225

Editora: Vide

Dimensões: 14 x 21 cm

ONDE COMPRAR:

Unlimited Reading

%d blogueiros gostam disto: